Italiano Luca Parmitano fará missão espacial em 20 de julho

Data coincide com dia em que homem pisou na Lua pela 1ª vez

Italiano Luca Parmitano fará missão espacial em 20 de julho (foto: EPA)
16:14, 16 JulROMA ZCC

(ANSA) - Na data em que será celebrado o 50º aniversário da chegada do homem à Lua, ocorrida em 20 de julho de 1969, o astronauta italiano Luca Parmitano, da Agência Espacial Europeia (ESA), partirá para uma nova missão espacial no próximo sábado (20).

A "Beyond" ("Além", em tradução livre) levará Parmitano pela segunda vez ao espaço e o tornará o primeiro italiano no comando da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

O logotipo oficial da missão contém um círculo principal, que representa o capacete do astronauta, cujo visor simula a Terra e sua órbita. No lado esquerdo, estão três círculos concêntricos, símbolos dos objetivos da exploração espacial: a Lua, Marte e um terceiro que sugere a ideia do espaço profundo.

"É impossível saber quantas das cinco atividades extra veiculares planejadas serão atribuídas a mim", disse o astronauta italiano durante coletiva de imprensa no centro da ESA na Itália.

O objetivo das caminhadas espaciais é intervenções no detector de antimatéria "Alpha Magnetic Spectrometer (AMS), as quais Parmitano definiu como "a manobra mais complexa da história do espaço".

"Para mim, é uma tarefa importante. Há apenas uma maneira de estar diante de uma missão, com grande humildade", acrescentou o astronauta. Parmitano ressaltou que "ser capaz de fazer meu trabalho é um grande privilégio e precisamos encontrar uma maneira de pagá-lo.

Meu tempo é o tempo que pertence àqueles que me trouxeram a bordo, aos contribuintes, àqueles que me treinaram, aos quais ele confiou suas experiências e, acima de tudo, à tripulação".

Junto com Parmitano, a missão será formada pelo norte-americano Andrew Morgan, o russo Alexander Skvortsov e Cimon, a primeira forma de inteligência artificial destinada a embarcar para a estação espacial.

O acrônimo de "Crew Interactive Mobile Companion" é um robô que permitirá o acesso a uma enorme quantidade de dados e, além de fornecer informações, seu sistema analisará as expressões e o humor dos astronautas. O Cimon é uma esfera de 32 centímetros de diâmetro, pesa cinco quilos, e seu rosto é um display com olhos, nariz e boca estilizados.

Projetado para escutar, observar e falar com o homem, o robô será um grande companheiro de viagem de Parmitano. Além dele, mais de 50 experimentos estão previstos para serem realizados no espaço. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA