Dois turistas poderão visitar a Estação Espacial em 2023

Empresas dos EUA e da Rússia firmaram acordo

Dois turistas irão visitar a ISS após um acordo entre empresas dos EUA e da Rússia
Dois turistas irão visitar a ISS após um acordo entre empresas dos EUA e da Rússia (foto: EPA)
14:49, 25 JunMOSCOU ZGT

(ANSA) - Dois turistas poderão fazer uma visita à Estação Espacial Internacional (ISS) em 2023 após um acordo firmado nesta quinta-feira (25) entre a empresa russa Energia Corporation e a norte-americana Space Adventures, informou a agência de notícias russa Tass.

Os dois visitantes viajarão até a ISS através da nave Soyuz e terão uma "curta missão" no local. Além disso, uma das duas pessoas poderá fazer uma "caminhada espacial" acompanhada por um cosmonauta da Rússia.

O custo do voo, segundo um documento divulgado pela Energia Corporation publicado em dezembro do ano passado, é de cerca de 30 milhões de euros (R$ 180 milhões).

O anúncio de hoje vem na esteira de outro realizado em novembro de 2019, quando o CEO da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin, ordenou a construção de pequenas naves Soyuz com o objetivo de enviar civis ao espaço. As novas cápsulas poderiam ser personalizadas e geridas por apenas uma pessoa.

Até hoje, sete pessoas foram à ISS sem serem astronautas profissionais, em parcerias semelhantes da Rússia e dos Estados Unidos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA