Facebook pagará quem desativar perfil antes das eleições nos EUA

Plataforma 'compensará' os usuários com até US$ 120

Entre 200 e 400 mil usuários poderão participar da pesquisa
Entre 200 e 400 mil usuários poderão participar da pesquisa (foto: Ansa)
14:39, 11 SetROMA ZRS

(ANSA) - O Facebook anunciou nesta sexta-feira (11) que pagará até US$ 120 (cerca de R$ 636) para pessoas que desativarem os seus perfis na rede social antes das eleições presidenciais nos Estados Unidos em novembro.

De acordo com o vice-presidente do Facebook, Nick Clegg, o objetivo da rede social com esse estudo é "entender melhor o impacto do Facebook e do Instagram sobre as principais atitudes e comportamentos políticos durante a eleições".

Além disso, a pesquisa faz parte de uma estratégia da plataforma após toda a polêmica durante a votação de 2016.

Segundo a imprensa norte-americana, a desativação da conta de quem optar em participar voluntariamente do experimento é temporário e começará a partir do final de setembro. O usuário poderá receber no máximo US$ 20 (cerca de R$ 106) por semana.

A pesquisa será realizada por "cientistas de dados" independentes e os resultados serão divulgados no próximo ano.Entre 200 e 400 mil pessoas poderão participar do experimento.(ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en