WhatsApp, Facebook e Instagram apresentam falhas e saem do ar

Usuários estão com dificuldades para acessar aplicativos

Usuários estão com dificuldades para acessar aplicativos
Usuários estão com dificuldades para acessar aplicativos (foto: EPA)
20:13, 04 OutSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - Após cerca de seis horas da pane global, em uma das falhas mais prolongadas, os aplicativos WhatsApp, Instagram e Facebook começaram a retomar o funcionamento no início da noite desta segunda-feira (4).

Em uma publicação no Twitter, a empresa de Mark Zuckerberg publicou um pedido de desculpas e fez o anúncio sobre o retorno dos serviços.

"Para a enorme comunidade de pessoas e empresas ao redor do mundo que dependem de nós: sentimos muito. Temos trabalhado muito para restaurar o acesso aos nossos aplicativos e serviços e estamos felizes em informar que eles estão voltando a ficar online agora. Obrigado por nos aguentar", escreveu o Facebook.

Os aplicativos, no entanto, ainda apresentam instabilidade. Até o momento, não há informações oficiais sobre a causa do “blecaute” nas redes sociais.

 

Nesta segunda, usuários em todo o mundo relataram dificuldades para utilizar o WhatsApp, Facebook e Instagram. Os aplicativos ficaram fora do ar globalmente desde por volta de meio-dia (Horário de Brasília).

Segundo o site downdetector.com, conhecido por monitorar reclamações de internautas sobre falhas das plataformas digitais, o problema foi registrado no Brasil, Portugal, Reino Unido, Índia, Estados Unidos, além de diversas regiões da América Latina e também da Europa.

Pelo menos 40 mil queixas sobre o WhatsApp foram registradas na plataforma, enquanto que outras 10 mil eram sobre o Instagram e 5 mil relacionadas ao Facebook.

No Brasil, o termo "WhatsApp" liderou os Trending Topics (assuntos mais comentados) no Twitter, tendo em vista que os internautas não conseguem enviar mensagens ou carregar novas publicações tanto nos aplicativos quanto nas versões desktop.

Na sequência, está o aplicativo de mensagens Telegram, concorrente do WhatsApp e, em terceiro, Zuckerberg, fazendo referência a Mark Zuckerberg, presidente-executivo do Facebook.

Por meio de sua conta oficial no Twitter, o Facebook —que também é dono do WhatsApp e Instagram— confirmou a falha no mundo todo, mas não deu detalhes sobre o problema.

"Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para voltar ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente", disse a empresa.

Além dos aplicativos, a falha geral também estaria afetando outras ferramentas que dependem do login do Facebook. Alguns especialistas já estão afirmando que o "blecaute" dos serviços se trata de um problema do tipo DNS, uma falha no servidor da empresa. Isso significa que, quando o usuário busca pelo domínio dos sites — ou os acessa pelos aplicativos — é como se aquele endereço não pudesse ser encontrado pela internet. No momento, a possibilidade de um ataque hacker foi descartada. 

O diretor de tecnologia do Facebook, Mike Schroepfer, por sua vez, pediu desculpas pela instabilidade e queda dos aplicativos e afirmou que todos estão trabalhando para resolver “problemas de rede”.

“Sinceras desculpas a todos os afetados pelas interrupções do serviço do Facebook. Estamos enfrentando problemas de rede e as equipes estão trabalhando o mais rápido possível para depurar e restaurar o mais rápido possível”, escreveu no Twitter. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA