Algoritmo do Twitter impulsiona mais postagens da direita

Rede social disse tentar entender o que provoca 'vantagem'

Twitter quer entender qual o motivo do algoritmo impulsionar mais conteúdo de direita do que da esquerda
Twitter quer entender qual o motivo do algoritmo impulsionar mais conteúdo de direita do que da esquerda (foto: ANSA)
14:57, 22 OutMILÃO ZGT

(ANSA) - O Twitter divulgou os primeiros resultados de uma pesquisa interna realizada em sete países e descobriu que o algoritmo da rede social impulsiona mais postagens feitas por políticos e organizações de direita do que os de esquerda.

O resultado foi constatado no Canadá, França, Japão, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos - só na Alemanha não foi verificado.

"Analisamos milhões de tuítes de pessoas eleitas nesses países entre 1º de abril e 15 de agosto de 2020. Os analistas usaram esses dados para verificar quais tuítes foram amplificados no fluxo das notícias quando é escolhido o feed que mostra o algoritmo em relação ao cronológico", diz o texto.

"Em seis países de sete, os tuítes das contas da direita política receberam uma amplificação algorítmica do que da esquerda, se estudados como grupos", ressalta a rede social.

Segundo a plataforma, essa amplificação não "é problemática em si", mas não se sabe ainda "o que causou esse desequilíbrio".

Além disso, o Twitter diz que o código não dá impulso ao que o usuário informou não querer ver. Caso contrário, isso seria um problema na construção do algoritmo em si.

Agora, os profissionais também vão fazer parcerias externas para tentar entender o que causa esse comportamento preferencial. Para ler o documento inteiro (em inglês), clique aqui. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA