UE autoriza Itália a repassar 200 milhões de euros à Alitalia

Objetivo é compensar prejuízos na pandemia de coronavírus

Alitalia está sob intervenção do governo há mais de três anos
Alitalia está sob intervenção do governo há mais de três anos (foto: ANSA)
14:56, 04 SetBRUXELAS ZLR

(ANSA) - A Comissão Europeia autorizou nesta sexta-feira (4) um repasse de 199,45 milhões de euros do governo italiano para compensar prejuízos sofridos pela Alitalia, maior empresa de aviação civil do país, durante a pandemia do novo coronavírus.

O grupo pertence à holding Compagnia Aerea Italiana (51%) e à Etihad Airways (49%), mas está sob intervenção do governo desde maio de 2017 por causa de uma crise de liquidez que a deixou à beira da falência.

Após ter tentado vender a Alitalia para a iniciativa privada, o governo italiano planeja agora reestatizá-la. Decretos aprovados em março e maio autorizam um aporte de até 3 bilhões de euros para devolver a empresa ao poder público, mas a operação também dependerá do aval de Bruxelas.

Se a Comissão Europeia não aprovar a reestatização, a Alitalia deve ser liquidada. Por meio de uma nota, a comissária de Concorrência da UE, Margrethe Vestager, reconheceu que o setor de transporte aéreo é um dos mais atingidos pela pandemia.

"Essa medida [o repasse de 199,45 milhões de euros] permitirá à Itália compensar a Alitalia pelos prejuízos sofridos em função das restrições de viagem, necessárias para limitar a difusão do coronavírus", acrescentou.

Apesar dessa autorização, a Comissão Europeia ainda investiga operações anteriores para salvar a companhia aérea. Com cerca de 11 mil funcionários, a Alitalia sobrevive graças a empréstimos públicos que totalizam 1,3 bilhão de euros e que foram feitos antes da pandemia. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA