Mercados devem ter volatilidade por incertezas em eleição dos EUA

Analistas preveem momentos de tensão até fim da apuração

Mercados devem sofrer com volatilidade por conta das incertezas no cenário eleitoral dos EUA
Mercados devem sofrer com volatilidade por conta das incertezas no cenário eleitoral dos EUA (foto: AFP)
08:30, 04 NovMILÃO ZGT

(ANSA) - As incertezas sobre o resultado das eleições norte-americanas devem aumentar a volatilidade dos negócios no mercado financeiro, apontam diversos analistas nesta quarta-feira (4). Isso porque ainda não se sabe quem será o vencedor do pleito: se o republicano e atual presidente Donald Trump ou o desafiante democrata Joe Biden.

"O dólar americano continuará a ser influenciado pela incerteza e os títulos do Tesouro dos EUA perderão terreno. Nós esperamos que os ativos de risco tenham um desempenho inferior até termos uma clareza sobre a situação", afirma Paul Brain, gestou do BNY Mellon Global Dynamic Bond Fund.

Já o chefe de investimentos do Lombard Odier, Stéphane Monier, ressalta que "no momento, parece que qualquer um que vença a corrida à Casa Branca se encontrará perante a um Congresso dividido, com implicações amplas sobre os mercados, sobretudo porque comporta a dificuldade de aprovação de qualquer tipo de pacote de ajuda para a fase de retomada pós-pandemia" do coronavírus Sars-CoV-2.

A líder global de Ações Fundamentais da Robeco, Fabiana Fedeli, segue a mesma linha e diz que "um ponto fundamental para ficar de olho é o tempo de introdução de um pacote de estímulos porque qualquer atraso seria negativo para a economia, para o consumo e para as conjunturas norte-americanas".

Até às 8h desta quarta-feira, nove estados ainda não definiram o vencedor da disputa presidencial. Os percentuais aprovados até o momento mostram uma acirrada briga entre Trump e Biden, com resultados incertos. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA