Inflação fecha 2020 com maior índice desde 2016

O ministro da Economia, Paulo Guedes, com o presidente Jair Bolsonaro
O ministro da Economia, Paulo Guedes, com o presidente Jair Bolsonaro (foto: EPA)
15:12, 12 JanSÃO PAULO ZLR

(ANSA-Agência Brasil) - A inflação registrou alta de 4,52% em 2020. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é o maior crescimento desde 2016, quando ficou em 6,29%.

O percentual reflete o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), anunciado nesta terça-feira (12) pelo IBGE, no Rio de Janeiro.

Em dezembro, o indicador acelerou para 1,35%,variação mais intensa desde fevereiro de 2003, quando tinha sido de 1,57%. É também a maior variação para um mês de dezembro desde 2002 (2,10%).

A alta no fechamento de 2020 aponta ainda que o índice do ano ficou acima do centro da meta, definido pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em 4,0%, mas, ainda assim, permanece dentro da margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para baixo (2,5%) ou para cima (5,5%). Em 2019, a inflação tinha ficado em 4,31%.

Um dos maiores impactos para os consumidores em 2020 foi a elevação de 14,09% nos preços de alimentos e bebidas. Segundo o gerente da pesquisa, Pedro Kislanov, o crescimento, que é o maior desde 2002 (19,47%), foi provocado por fatores como a demanda por esses produtos e a alta do dólar e dos preços das commodities no mercado internacional. (ANSA-Agência Brasil)   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA