Stellantis pagará bônus de eficiência aos funcionários na Itália

Apesar da pandemia, valor da gratificação aumentou

Apesar da pandemia, valor da gratificação aumentou
Apesar da pandemia, valor da gratificação aumentou (foto: ANSA)
18:00, 05 FevTURIM ZCC

(ANSA) - A montadora Stellantis, fruto da fusão entre os grupos FCA e PSA, anunciou nesta sexta-feira (5) que pagará aos seus trabalhadores na Itália um bônus de eficiência produtiva, apesar do impacto da pandemia de Covid-19 na indústria automobilística.

A decisão foi informada pela empresa aos sindicatos do país europeu. O valor, que será pago no final deste mês, é de aproximadamente 1.370 euros, ou cerca de 6% do salário médio anual de referência, segundo comunicado.

A quantia é maior do que o bônus médio de 1.350 euros que foi pago em 2020 pela Fiat Chrysler. Ao todo, pelo menos 54 mil trabalhadores receberão a gratificação.

De acordo com a Stellantis, os valores serão pagos em conformidade com o desempenho do funcionário, avaliado com o sistema Wcm (World Class Manufacturing), disponível em cada unidade de produção.

A política de remuneração, introduzida em julho de 2015 e confirmada em 2019, prevê a participação direta de todos os colaboradores nos resultados de produtividade e qualidade do grupo.

Para Gianluca Ficco, da União Italiana dos Trabalhadores Metal-Mecânicos (Uilm), o aumento do valor demonstra que os sindicatos e a empresa fecharam um bom acordo. "Isso mostra o esforço dos trabalhadores para manter a eficiência alta e as fábricas italianas competitivas, apesar de todos os problemas causados pela pandemia", disse. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA