Dólar dispara, e Bolsa tomba após decisão sobre Lula

Condenações contra Lula foram anuladas nesta segunda
Condenações contra Lula foram anuladas nesta segunda (foto: EPA)
20:36, 08 MarSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - Em um dia de tensões no mercado brasileiro e internacional, o dólar disparou e chegou a quase R$ 5,80, o maior valor em dez meses. A bolsa de valores (B3), por sua vez, caiu quase 4% e fechou no nível mais baixo desde o início de março.

O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (8) vendido a R$ 5,778, com alta de R$ 0,095 (+1,67%). A moeda americana operou o dia inteiro em alta, em torno de R$ 5,72, mas intensificou o crescimento a partir das 15h30.

A disparada ocorreu depois que o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), anunciou sua decisão de anular todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A cotação está no nível mais alto desde 15 de maio de 2020, quando o dólar fechou em R$ 5,839.

No mercado de ações, a sessão também foi marcada pela instabilidade. O índice Ibovespa, da B3, fechou a segunda-feira aos 110.612 pontos, com recuo de 3,98%. O indicador está no menor nível desde o dia 1º, quando tinha fechado próximo aos 110,3 mil pontos. (ANSA- Com informações da Agência Brasil).  (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA