Tesouro dos EUA pode ficar sem dinheiro em 18 de outubro

Yellen cobrou ação do Congresso para aumentar endividamento

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen
A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen (foto: EPA)
11:51, 28 SetNOVA YORK ZLR

(ANSA) - A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, enviou uma carta ao Congresso em que alerta que o governo vai atingir seu teto de endividamento em 18 de outubro, o que pode levar o país ao default.

"Se o Congresso não agir para aumentar ou suspender o limite da dívida, estimamos que o Tesouro vai exaurir suas medidas extraordinárias até 18 de outubro", escreveu Yellen.

Após esse prazo, a secretária afirmou que sua pasta vai ficar com "recursos muito limitados, que devem se esgotar rapidamente". "Não é certo que possamos continuar cumprindo nossas obrigações após essa data", alertou.

Na noite da última segunda-feira (27), o Partido Republicano bloqueou um projeto no Senado que aumentaria o teto da dívida e também garantiria financiamento para evitar a paralisação do governo federal a partir de 1º de outubro.

No entanto, o líder do Partido Democrata no Senado, Chuck Schumer, garantiu que o Congresso chegará a uma solução até 30 de setembro para renovar o orçamento do governo. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA