Pagamento de Auxílio Brasil começa com filas pelo país

Pagamento do benefício será feito na Caixa Econômica Federal
Pagamento do benefício será feito na Caixa Econômica Federal (foto: EPA)
16:01, 17 NovSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - O governo federal começou a pagar nesta quarta-feira (17) o Auxílio Brasil, programa que substitui o Bolsa Família e terá a Caixa Econômica Federal (CEF) como agente operador e pagador do benefício.

De acordo com o Ministério da Cidadania, mais de 14,5 milhões de famílias serão contempladas neste primeiro mês, totalizando mais de R$3,25 bilhões. O valor médio do benefício nesta fase, que vai até dezembro, será de R$224,41 por família e só estará disponível para aqueles que já eram cadastrados no Bolsa Família.

O governo espera incluir outras 2,5 milhões de famílias até o fim do ano, elevando o total para mais de 17 milhões. A medida, no entanto, depende ainda da aprovação da PEC dos Precatórios, que deve enfrentar dificuldades no Senado.

Os cartões e senhas utilizados para saque do Bolsa Família continuarão válidos e poderão ser utilizados para o recebimento do Auxílio Brasil. As famílias que recebem o benefício antigo pelo aplicativo Caixa Tem receberão o Auxílio Brasil na mesma modalidade de pagamento.

Além disso, foi lançado hoje um aplicativo chamado Auxílio Brasil, que substituirá a ferramenta anterior. Quem não está no CadÚnico deverá ir a um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) para ser incluído na base de dados, o que não garante que o cadastrado receberá os valores.

Em meio a muitas dúvidas sobre o novo programa social, diversas agências da Caixa e postos do CRAS amanheceram com filas por todo o país.

Nesta quinta, os pagamentos serão feitos para os beneficiários com número do NIS terminado em 1. As pessoas que tiverem NIS finalizado em outros dígitos receberão ao longo dos próximos dias, de acordo com a tabela oficial: NIS com final 1, em 17/11 e 10/12; NIS com final 2, em 18/11 e 13/12; NIS com final 3, em 19/11 e 14/12; NIS com final 4, em 22/11 e 15/12; NIS com final 5, em 23/11 e 16/12; NIS com final 6, em 24/11 e 17/12; NIS com final 7, em 25/11 e 20/12; NIS com final 8, em 26/11 e 21/12; NIS com final 9, em 29/11 e 22/12; NIS com final 0, em 30/11 e 23/12.

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o dinheiro pode ser movimentado tanto pelo aplicativo Caixa Tem, como pode ser sacado diretamente em agências, lotéricas, correspondentes bancários e terminais de autoatendimento.

Guimarães lembrou ainda que a partir do dia 23 as agências voltam a funcionar em horário normal, ou seja, o horário de funcionamento antes da pandemia.

As dúvidas podem ser sanadas pelos aplicativos Caixa Tem, Auxílio Brasil e pela Central 111. Porém, se o questionamento for a respeito do direito ou não ao benefício ou dos valores a serem pagos o Ministério da Cidadania deve ser procurado. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA