'Rei dos óculos', italiano Leonardo Del Vecchio morre aos 87

Empreendedor era um dos homens mais ricos da Itália

Leonardo Del Vecchio comandava o grupo EssilorLuxottica
Leonardo Del Vecchio comandava o grupo EssilorLuxottica (foto: ANSA)
07:56, 27 JunMILÃO ZLR

(ANSA) - Morreu nesta segunda-feira (27), aos 87 anos de idade, o bilionário italiano Leonardo Del Vecchio, presidente da EssilorLuxottica, maior empresa do mundo no setor de óculos.

A causa do falecimento não foi divulgada, mas o empresário estava internado no Hospital San Raffaele, em Milão, sua cidade natal.

Nascido em 22 de maio de 1937, Del Vecchio era o mais novo de quatro irmãos e fundou a fabricante de óculos Luxottica em 1961, empreendimento que o tornaria um dos homens mais ricos da Itália, com uma fortuna estimada em 25 bilhões de euros.

Em 2018, a Luxottica se fundiu com a produtora francesa de lentes Essilor, dando origem à EssilorLuxottica, maior grupo do mundo no setor ótico.

"Expresso meu luto pela morte de Leonardo Del Vecchio, estimada personalidade no campo empresarial e além. O seu é um exemplo vencedor e de sucesso da excelência italiana no mundo", disse o ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio.

Já o ministro do Desenvolvimento Econômico, Giancarlo Giorgetti, afirmou que Del Vecchio foi um "grande homem e empresário". "Espero que sua história pessoal possa ser exemplo para os jovens que decidirem tentar o desafio de abrir uma empresa", acrescentou. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA