Raikkonen programa aposentadoria para o final de 2015

Finlandês deve deixar a F1 quando terminar contrato com Ferrari

Após dois anos de bons resultados na Lotus, Raikkonen ainda não conseguiu recuperar desempenho na Ferrari
Após dois anos de bons resultados na Lotus, Raikkonen ainda não conseguiu recuperar desempenho na Ferrari (foto: EPA)
18:58, 03 JulROMA ZLR

(ANSA) - O piloto Kimi Raikkonen anunciou nesta quinta-feira (3) que vai deixar a Fórmula 1 assim que terminar o seu atual contrato com a Ferrari, no final de 2015. A declaração foi dada pelo finlandês em Silverstone, na Inglaterra, que recebe no próximo final de semana a nona etapa da temporada 2014 da Fórmula 1.
    "Assim que meu contrato terminar, provavelmente eu vou parar", disse o "homem de gelo", que está apenas na 12ª colocação do campeonato deste ano, 61 pontos atrás de seu companheiro de equipe, Fernando Alonso (4º). Raikkonen também aproveitou para defender o circuito de Monza, ameaçado pelo chefe da F1, Bernie Ecclestone, de ser cortado do calendário.
    "Não vejo como possam tirá-lo, do meu ponto de vista seria uma coisa estúpida que penalizaria a todos, inclusive a Fórmula 1. Espero que isso não aconteça nunca, ainda que não sejamos nós os responsáveis por decidir", afirmou. Na categoria, Raikkonen conquistou 20 vitórias, 77 pódios e 16 pole positions, além de um título mundial, pela própria Ferrari, em 2007.
    O piloto voltou à escuderia italiana em 2014, após passar dois anos bem sucedidos no cockpit da Lotus. No entanto, até o momento ele não conseguiu se acertar com o novo carro da equipe de Maranello. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA