Ferrari realiza testes no circuito de Mugello, na Itália

Os trabalhos foram feitos sob um forte esquema de proteção

Vettel durante os testes em Montmeló, na Espanha
Vettel durante os testes em Montmeló, na Espanha (foto: ANSA)
15:24, 23 JunSCARPERIA ZRS

(ANSA) - A Ferrari retomou os seus testes nesta terça-feira (23) no autódromo de Mugello, na Itália. Nos trabalhos, que aconteceram sem a presença de público, os pilotos Charles Leclerc e Sebastian Vettel usaram o monoposto da temporada de 2018.

Os testes no circuito de Mugello aconteceram sob um forte esquema de proteção para evitar a disseminação do novo coronavírus (Sars-CoV-2). Os mecânicos da equipe, por exemplo, usaram máscaras e luvas.

No começo do dia, Vettel entrou primeiro na pista e acelerou o SF71H. Já pela tarde, foi a vez de Leclerc dirigir em Mugello.

Por estarem usando um carro desatualizado, a Ferrari não se concentrará no tempo ou na quantidade de voltas, mas, acima de tudo, para "desenferrujar" os dois pilotos da escuderia.

O dia também foi usado pela equipe para colocar em prática todos os procedimento para conter a disseminação do novo coronavírus, que serão respeitados durante os Grandes Prêmios da temporada de 2020 da Fórmula 1.

Apesar do teste ter sido fechado para o público, algumas pessoas subiram nas colinas ao redor do circuito para tentar ver os monopostos vermelhos da Ferrari passarem.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) oficializou no início de junho o calendário das oito primeiras etapas da temporada da Fórmula 1 em 2020, que serão entre 5 de julho, na Áustria, e 6 de setembro, na Itália.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA