Academia de Pilotos da Ferrari inicia processo de recrutamento

Programa mira encontrar jovens talentos do automobilismo

Testes começaram na cidade de Maranello, na Itália
Testes começaram na cidade de Maranello, na Itália (foto: ANSA)
13:43, 05 OutROMA ZRS

(ANSA) - A Academia de Pilotos da Ferrari iniciou nesta segunda-feira (5) a edição de 2020 do seu programa de recrutamento, que mira encontrar novos talentos do automobilismo.

Ao longo da semana, quatro jovens promessas europeias participarão da primeira etapa dos testes em Maranello, na Itália.

 Dois deles foram indicados pelo Automóvel Clube da Itália (ACI), já a outra dupla foi trazida pela empresa Tony Kart.

Os jovens pilotos serão avaliados pelos próximos cinco dias. O programa de atividades inclui testes de psico-aptidão, sessões de treinamentos físicos e mentais. Além disso, eles serão avaliados no simulador de carro corrida, que é uma das partes mais importantes do processo.

Os últimos dois dias de testes serão na pista de Fiorano, onde os participantes vão guiar um carro da Fórmula 4.

Após a conclusão do atual treinamento dos pilotos europeus, será a vez de jovens talentos da Ásia e da Oceania de participar do recrutamento. Na sequência, virão pilotos da América Latina.

Paralelamente a estes projetos, também será realizada a fase final do programa FIA Girls On Track - Rising Stars, iniciativa que tem como objetivo descobrir jovens talentos femininos no automobilismo. As brasileiras Antonella Bassani e Júlia Ayoub participam do processo. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA