Após pole, Leclerc não disputará Grande Prêmio de Mônaco

Problema no câmbio do carro após acidente causou abandono

Leclerc abandonou ainda durante a volta de instalação
Leclerc abandonou ainda durante a volta de instalação (foto: EPA)
12:53, 23 MaiROMA ZGT

(ANSA) - O piloto da Ferrari Charles Leclerc, que havia conquistado a pole position para o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1 e batido nos segundos finais do treino classificatório, não vai largar para a prova no principado, confirmou a equipe neste domingo (23).

Cerca de duas horas antes da largada, a Ferrari havia informado que após uma detalhada verificação técnica, o câmbio do carro estava em perfeitas condições e não precisaria ser trocado - o que causaria uma punição de cinco posições no grid.

No entanto, durante a volta de instalação para o alinhamento para a largada, Leclerc começou a se lamentar no rádio dizendo que o câmbio não estava funcionando. O monegasco, então, se dirigiu aos boxes e, a princípio, partiria de lá. Porém, minutos depois, a Ferrari anunciou que seu piloto não disputaria a prova.

Com isso, a posição da pole ficou vazia e Max Verstappen, da Red Bull, larga na frente. A pole conquistada pela Ferrari era a primeira desde o fim de 2019. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA