Milton da Silva, pai de Ayrton Senna, morre aos 94 anos

Miltão, como era conhecido, faleceu de causas naturais em SP

Ayrton Senna abraçando o pai depois da vitória do GP do Brasil de 1991
Ayrton Senna abraçando o pai depois da vitória do GP do Brasil de 1991 (foto: Divulgação/Ayrton Senna )
12:32, 28 OutSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - Milton Guirado Theodoro da Silva, pai do ex-piloto brasileiro Ayrton Senna, morreu nesta quarta-feira (27), aos 94 anos de idade, em São Paulo.

O pai do tricampeão mundial de Fórmula 1, que era carinhosamente chamado de Miltão, faleceu de causas naturais e era casado com Neyde Joanna Senna. Além de Ayrton, eles tiveram outros dois filhos: Viviane e Leonardo.

Milton teve um papel fundamental na carreira do filho, pois dedicou boa parte do seu tempo acompanhando a trajetória de Senna, do kart até chegar na F1.

Descrito como uma pessoa reservada, não há muitas imagens dele com Ayrton durante a passagem do filho pela F1. No entanto, um dos momentos mais inesquecíveis foi um abraço entre os dois depois da heroica vitória de Senna no Grande Prêmio do Brasil de 1991. (ANSA).

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA