Holanda goleia Espanha por 5 a 1 na estreia

Holandeses atropelaram espanhois em Salvador

Espanha x Holanda pela estreia do grupo B (foto: EPA)
15:41, 14 JunSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - A reedição da final da Copa do Mundo de 2010 terminou de maneira inesperada. A Holanda goleou a Espanha por 5 a 1, na Arena Fonte Nova, na Bahia, e começou muito bem sua caminhada para um título inédito. Van Persie e Robben marcaram duas vezes e De Vrij marcou um. Xabi Alonso marcou o primeiro dos espanhois.

O jogo começou nervoso e aos 24 segundos, o árbitro italiano Nicola Rizzoli já marcou a primeira falta em Diego Costa. O atacante brasileiro naturalizado espanhol, aliás, foi o destaque do início de jogo. A cada vez que batia na bola, a torcida vaiava muito o jogador e entoava cantos contra ele. Mas, aos 26 minutos, ele sofreu o pênalti que Xabi Alonso bateu com perfeição e colocou a Espanha na frente do placar.

 

Os holandeses continuaram com seu esquema de marcação mais firme e tomaram dois cartões amarelos: De Guzman e De Vrij. A Holanda, perdendo a partida, partiu para o ataque e conseguiu equilibrar o jogo. Aos 43 minutos, Van Persie marcou um belo gol de cabeça após cruzamento preciso de Blind. A Espanha terminou a primeira etapa com 60% da posse de bola e apenas dois chutes a gol. A Holanda tentou três vezes abrir o placar.

 

Com o gol de Van Persie, Casillas não conseguiu bater o recorde do goleiro italiano Walter Zenga. Em 1990, o italiano ficou 517 minutos sem tomar gol (quase seis jogos), já Casillas conseguiu ficar 476 minutos sem ser vazado. Ou seja, por 41 minutos o espanhol não terá como bater o recorde. Aos 33 anos é bem provável que esta seja sua última Copa como titular.

 

O segundo tempo começou agitado e logo aos 7 minutos, Robben fez sua jogada clássica - cortando a bola para a direita - e virou o jogo para os holandeses. A Holanda não se acomodou com o resultado e aos 15 minutos, Van Persie acertou um belo chute no travessão.

 

Aos 19 minutos, Sneijder cobrou falta bem fechada, a zaga espanhola e Casillas falharam e De Vrij aproveitou e marcou o terceiro gol holandês. Aos 21 minutos, David Silva marcou um gol para a Espanha - mas ele foi bem anulado pelo árbitro Rizzoli

 

Apesar da pressão dos campeões mundiais, aos 26 minutos, após erro na saída de bola de Casillas, Van Persie marca seu segundo gol e o quarto da Holanda.

 

Aos 34 minutos, Robben novamente faz sua jogada clássica e marca o quinto gol para a Holanda. Os espanhois estão perplexos com o resultado. Aos 41 minutos, Casillas fez duas grandes defesas e evitou um vexame ainda maior. Apesar do placar elástico, os holandeses não pararam de atacar no final do jogo, aos gritos de olé da torcida. Aos 45 minutos, Fernando Torres perdeu um gol incrível na frente de Cillessen. Mas, a partida terminou assim: 5 a 1, uma goleada histórica para Holanda. (ANSA)

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA