Em jogo de eliminados, Espanha bate a Austrália

La Roja venceu por 3 a 0 e não será a pior equipe do Mundial

Espanha venceu Austrália por 3 a 0 em Curitiba. (foto: EPA)
08:10, 24 JunSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - Em uma partida que não valia nada para as duas equipes já eliminadas, a Espanha venceu sua única partida na Copa do Mundo, na Arena da Baixada, em Curitiba - e não ficou na última colocação no torneio. La Roja ganhou por 2 a 0 da Austrália, com gol de David Villa, que se despediu da equipe em que foi multicampeão. O atacante, maior artilheiro da história da seleção espanhola, chorou muito ao ser substituído.

A Espanha entrou com um grande número de reservas na partida e até mostrou um espírito combativo no início do jogo. Apesar de ter o estádio inteiro contra eles, e ouvirem gritos de olé desde os primeiros minutos, os atuais campeões mundiais se esforçavam na marcação.

 

O primeiro lance de perigo foi aos 18 minutos, em uma falta sofrida por Koke. Mas, Iniesta bateu para fora. O que chamou a atenção no início do confronto foi o grande número de impedimentos para as duas equipes: foram quatro até os 20. Aos 22, bela jogada de Torres que tocou livre para Alba concluir, mas Ryan salvou o chute do espanhol.

 

No lance seguinte, Wilkinson segura a camisa de Torres de tal maneira que causa um grande rasgo na camiseta e obriga o atacante a trocar seu uniforme.

 

O embate estava bem aberto, e aos 33 minutos, a Espanha quase abre o placar após um cruzamento de Iniesta que Torres e Koke não conseguiram alcançar. E de tanto insistir, David Villa marcou um golaço de calcanhar aos 35 minutos. Ele comemorou muito e beijou por várias vezes o escudo da seleção espanhola na camiseta em seu último jogo pela equipe. Aos 44, Cazorla quase aumentou o placar, mas Ryan fez grande defesa

 

O segundo tempo começou com pressão espanhola no ataque e Iniesta, em seu centésimo jogo pela Roja, chamou a responsabilidade e munia os atacantes com diversos cruzamentos. Num desses cruzamentos, aos 23 minutos, ele encontrou Fernando Torres que bateu livre de marcação e ampliou o placar para os espanhois.

 

A seleção europeia dominava completamente a partida, e aos 36, Juan Mata passou a bola pelas pernas do goleiro Ryan e ampliou o placar. Apesar da pressão espanhola, o jogo terminou em 3 a 0 e a Espanha se despediu de maneira honrosa da Copa do Mundo.(ANSA)

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA