Parma perde 5 pontos, mas escapa de voltar à Série B

Clube foi julgado em caso de tentativa de manipular resultado

Jogadores do Parma festejam acesso à Série A, após vitória sobre o Spezia
Jogadores do Parma festejam acesso à Série A, após vitória sobre o Spezia (foto: ANSA)
15:32, 23 JulROMA ZLR

(ANSA) - Recém-promovido, o Parma foi punido nesta segunda-feira (23) com a perda de cinco pontos na próxima edição da Série A, em um julgamento por tentativa de manipulação de resultados. Ainda assim, o clube escapou de voltar para a segunda divisão.

Já o atacante Emanuele Calaiò, pivô do caso, levou dois anos de gancho do Tribunal Nacional da Federação Italiana de Futebol (Figc). A tentativa de manipulação teria ocorrido antes de uma partida entre Parma e Spezia, pela última rodada da Série B.

Na ocasião, quatro dias antes do jogo, Calaiò teria mandado mensagens para dois jogadores do time adversário, pedindo para eles não darem tudo de si no confronto. O Parma acabou vencendo a partida por 2 a 0 e garantindo o acesso à Série A.

Segundo o tribunal da Figc, o clube obteve sua vaga na elite "dentro de campo", por isso foi descartada a hipótese de rebaixá-lo. A corte também considerou que os apelos de Calaiò aos jogadores do Spezia foram rechaçados.

Por meio de um comunicado, o Parma considerou a sentença "injusta e ilógica" e prometeu recorrer à Corte Federal de Apelação, alegando sua total "estraneidade" a qualquer comportamento ilícito. Além disso, afirmou que a condenação de Calaiò é "anormal".

Após ter declarado falência em 2015, o clube da Emília-Romana recomeçou na quarta divisão e conseguiu três acessos seguidos para chegar à elite novamente.

Faltando menos de um mês para o início da próxima Série A, em 18 de agosto, resta definir a situação do Chievo, que foi denunciado por fraude em balanço e pode perder 15 pontos na temporada passada, o que o rebaixaria para a segunda divisão no lugar do Crotone. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA