Comitê Médico da Fifa pede que futebol volte só em setembro

'Essa é uma questão de vida ou morte', disse presidente do grupo

Comitê Médico não vê condições seguras de retomar futebol até setembro deste ano
Comitê Médico não vê condições seguras de retomar futebol até setembro deste ano (foto: ANSA)
16:29, 28 AbrROMA ZGT

(ANSA) - O presidente do Comitê Médico da Fifa, Michel D'Hooghe, pediu "paciência" para dirigentes e jogadores e disse que o futebol só deve retornar em setembro deste ano.

"Sou cético. Não devemos voltar a jogar antes do fim de agosto ou início de setembro. O futebol não é a coisa mais importante da vida", disse o belga em entrevista à emissora britânica "Sky Sports".

O médico afirmou que "ficaria contente de poder retomar as próximas temporadas sem outros problemas e seria ainda mais feliz de ver os campeonatos recomeçarem, mas é preciso evitar o retorno do vírus, o que não é impossível".

"Precisamos ser prudentes porque essa é uma questão de vida ou morte. Essa é a situação mais dramática desde a Segunda Guerra Mundial e não podemos subestimar isso. Temos que ser realistas", finalizou.

A fala ocorre em um momento de indefinição dos torneios europeus de futebol - tanto nacionais como internacionais. Enquanto alguns países como os Países Baixos e a França anunciaram o cancelamento dos campeonatos, Itália, Espanha, Inglaterra e Alemanha discutem quando será possível retomar as competições - mesmo com os portões fechados.

Até o momento, o novo coronavírus já infectou mais de três milhões de pessoas no mundo e matou 215 mil, segundo dados do Centro Universitário Johns Hopkins.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA