Itália propõe torneio com Inglaterra e Argentina em homenagem a Maradona

Torneio amistoso aconteceria em Nápoles para celebrar a "paz"

Cartaz em homenagem a Maradona em Nápoles, sul da Itália
Cartaz em homenagem a Maradona em Nápoles, sul da Itália (foto: ANSA)
14:43, 13 DezROMA ZLR

(ANSA) - O ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio, propôs neste domingo (13) a realização de um "triangular da paz" com Argentina e Inglaterra em homenagem a Diego Armando Maradona, morto de parada cardiorrespiratória em 25 de novembro, aos 60 anos.

Em entrevista por telefone à ANSA, o chanceler disse que já conversou sobre a ideia com o ministro italiano do Esporte, Vincenzo Spadafora.

"Da 'mão de Deus' ao triangular da paz, com a Itália no centro para pegar pela mão dois grandes países amigos como Reino Unido e Argentina. Seria um momento tocante, mesmo sem a presença de público", explicou.

Segundo Di Maio, o jogo aconteceria em Nápoles, onde Maradona viveu os anos mais vitoriosos de sua carreira - o ministro é torcedor do Napoli e cresceu em Pomigliano d'Arco, na região metropolitana da maior cidade do sul da Itália.

"Seria um belo momento. Às vezes o esporte une onde os governos não conseguem. O esporte é fraternidade, amizade e paixão", ressaltou o chanceler.

Maradona viveu o momento mais marcante de sua carreira em 22 de junho de 1986, na vitória por 2 a 1 da Argentina sobre a Inglaterra pelas quartas de final da Copa do Mundo do México.

Enquanto seu país ainda lamentava a derrota para os britânicos na guerra pelas Malvinas, ocorrida quatro anos antes, o "Pibe de Oro" despachou a Inglaterra para casa ao marcar um gol de mão e outro depois de driblar meio time adversário.

A Albiceleste terminaria campeã mundial naquele ano, após superar Bélgica nas semifinais e a Alemanha Ocidental na decisão. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA