Após polêmica, Dzeko perde faixa de capitão da Roma

Bósnio foi punido por um desentendimento com o técnico Fonseca

Atacante é um dos principais jogadores do time da Roma
Atacante é um dos principais jogadores do time da Roma (foto: ANSA)
13:00, 03 FevROMA ZRS

(ANSA) - O diretor geral da Roma, Tiago Pinto, informou nesta quarta-feira (3) que o atacante Edin Dzeko não é mais o capitão do clube da capital.

Em uma coletiva de imprensa, o português comentou que um clube deve ser "baseado em regras" e revelou não cravou quem será o novo capitão giallorosso.

"Estou convencido de que um clube deve ser baseado em regras, neste momento Edin não é mais o capitão, mas estamos trabalhando para o bem do clube e Dzeko será o primeiro a trabalhar para isso. O novo capitão é uma escolha estratégica que envolve o treinador e o clube, deve ser uma decisão partilhada", comentou Pinto.

Dzeko e o técnico da Roma, Paulo Fonseca, se desentenderam e o bósnio estava treinando separado do resto do elenco desde o final de janeiro. O atacante ainda esteve muito próximo de reforçar a Inter de Milão na última janela de transferências, segundo a imprensa local.

O centroavante voltou a treinar normalmente nesta terça-feira (2) e teria se encontrado com Fonseca para esclarecer a confusão. Dzeko ficou de fora da lista de convocados da Roma nos últimos dois jogos da Série A contra Spezia e Hellas Verona.

"Não quero encontrar uma via de escape, é importante perceber que dentro de um clube há dinâmicas semelhantes às das famílias e elas se tornam mais fortes ao resolver seus problemas. Edin é forte, um grande profissional com muita experiência e personalidade, já Fonseca é o líder do nosso projeto e faz um excelente trabalho. Nos últimos dias, tivemos reuniões para fortalecer a confiança", destacou o dirigente.

Aos 34 anos, Dzeko está desde 2015 na Roma e é uma das principais peças do clube da capital. Em 242 jogos disputados, o bósnio já anotou 114 gols, sendo oito deles na atual temporada do futebol italiano.

Fonseca, por sua vez, foi contratado em 2019 pela Roma, após três temporadas de muito sucesso pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Em 76 partidas, o português registra 41 vitórias, 16 empates e 19 derrotas.

A Roma é a terceira colocada do Campeonato Italiano, com 40 pontos, seis atrás do líder Milan. O próximo compromisso dos giallorossi será diante da Juventus em Turim, pela 21º rodada da liga. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA