Tribunal de Madri proíbe Uefa de punir clubes da 'Superliga'

Já premiê britânico informou que pode propor lei sobre tema

Decisão de tribunal impede punições aos clubes por participarem da 'Superliga'
Decisão de tribunal impede punições aos clubes por participarem da 'Superliga' (foto: EPA)
14:16, 20 AbrMADRID ZGT

(ANSA) - Um tribunal de Madri, na Espanha, publicou nesta terça-feira (20) uma medida cautelar que impede que a Fifa, a Uefa, a Liga Espanhola e as federações de futebol nacionais imponham punições aos clubes que aderiram à nova "Superliga".

Segundo o jornal "El Pais", a decisão foi anunciada após a própria organização entrar com um pedido judicial para que as entidades internacionais "se abstivessem de tomar qualquer medida de sanção ou disciplinar". O tribunal determinou ainda que esses times não podem ser excluídos de competições atuais.

O anúncio chega pouco depois de todas as entidades futebolísticas anunciarem que estão analisando punições contra os 12 clubes que anunciaram a criação da "Superliga", entre eles, os espanhóis do Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid.

Por outro lado, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, informou que "se for necessário" o governo britânico irá criar uma legislação contra a nova competição, que considera tratar o futebol "apenas como uma mercadoria de um grupo fechado".

A briga por conta da nova competição promete se arrastar ainda porque, com exceção dos clubes que estão na disputa, ela foi rechaçada por unanimidade por governos e federações.

Além dos espanhóis, estão na "Superliga" Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Tottenham, Inter de Milão, Juventus e Milan. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA