Federação italiana concede perdão ao ex-jogador Giuseppe Signori

Ex-atacante foi absolvido de um caso ilegal de apostas

Giuseppe Signori viveu seus melhores momentos no Bologna e na Lazio
Giuseppe Signori viveu seus melhores momentos no Bologna e na Lazio (foto: Reprodução )
12:38, 01 JunROMA ZRS

(ANSA) - O presidente da Federação Italiana de Futebol (Figc), Gabriele Gravina, assinou nesta terça-feira (1º) o "perdão" ao ex-atacante Giuseppe Signori, que estava banido do esporte em função de um esquema ilegal de apostas.

A medida foi confirmada pouco tempo depois do ex-jogador da seleção italiana ter sido absolvido das acusações de fraude esportiva e associação criminosa pelos tribunais de Piacenza e Modena.

A partida mais difícil da vida de Signori começou em 2011, quando foi preso acusado de estar envolvido em um esquema ilegal de apostas no futebol, onde era uma espécie de "diretor" de uma rede internacional.

Depois de uma década de batalhas judiciais, o ex-atleta não conteve as lágrimas de alegria quando conseguiu provar sua inocência no caso. A notícia foi festejada principalmente pelos torcedores da Lazio e do Bologna, onde viveu os melhores momentos como jogador.

Apesar dos anos perdidos não voltarem, Signori pode escolher se quer retornar ao mundo do futebol, seja como técnico ou membro da diretoria de algum time.

Aos 53 anos de idade, Signori brilhou ao longo da sua carreira por Foggia, Lazio e Bologna. O ex-centroavante foi artilheiro de três edições da Série A e disputou a Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, pela Azzurra. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA