Uefa suspende processo disciplinar contra Juve, Barça e Real

As três tradicionais equipes ainda estão vinculadas à Superliga

Andrea Agnelli, presidente da Juventus
Andrea Agnelli, presidente da Juventus (foto: ANSA)
18:01, 09 JunROMA ZRS

(ANSA) - A Uefa decidiu suspender nesta quarta-feira (9) o processo disciplinar aberto contra Real Madrid, Barcelona e Juventus, os três clubes que ainda não renunciaram formalmente ao projeto da Superliga Europeia.

A entidade abriu um processo em maio, ameaçando sancionar o trio por uma "potencial violação do quadro jurídico da Uefa".

A decisão acontece poucos dias depois do Ministério da Justiça da Suíça informar a Uefa e a Fifa que não seria possível impor aos três clubes qualquer tipo de punição.

Assim como a Federação Italiana de Futebol (Figc), a Premier League tomou medidas contra o "big six" da Inglaterra. As equipes do Liverpool, Tottenham, Chelsea, Manchester United, Manchester City e Arsenal terão de arcar com uma multa conjunta de 22 milhões de libras (por volta de R$ 156,7 milhões).

A Superliga Europeia durou menos de três dias após o anúncio da criação do grupo. A ideia era fazer partidas nos meios de semana, com presença garantida dos fundadores, com o objetivo de assumir o dinheiro distribuído no futebol europeu.

Desde o anúncio inicial, porém, a medida foi rechaçada praticamente de maneira unânime por clubes, governos dos países envolvidos, além de protestos de torcidas dos 12 clubes. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA