Federação Italiana de Futebol divulga novo mascote da Azzurra

Design do boneco foi elaborado pelo artista Carlo Rambaldi

Mascote da Azzurra é um cachorro da raça maremano-abruzês
Mascote da Azzurra é um cachorro da raça maremano-abruzês (foto: Ansa)
14:25, 10 JunROMA ZRS

(ANSA) - A Federação Italiana de Futebol (Figc) anunciou nesta semana a criação de um mascote que vai acompanhar a Azzurra em suas aventuras.

O mascote é um cachorro da raça pastor maremano-abruzês, que possui um rosto terno e amável, além de estar vestido com a camisa da seleção da Itália.

O design do mascote foi criado pelo artista italiano Carlo Rambaldi (1925 - 2012), que é conhecido internacionalmente pelos seus trabalhos na área do cinema.

"Em 2007, Rambaldi me deu um livro que continha diversos esboços e eu o doei para a Figc. Sua fama no exterior é extraordinária, mas ele reclamava que era pouco conhecido na Itália. Tenho orgulho de dar vida a outra de suas criações. Simbolicamente, damos a Carlo Rambaldi o seu quarto Oscar e aos italianos muita doçura", declarou Gabriele Gravina, presidente da Figc.

Nas notas anexadas ao esboço do novo mascote da seleção italiana, Rambaldi escreveu que escolheu a imagem do pastor "porque é um cão de grande coragem, capacidade de decisão, tipicamente italiano e por sua origem estar intimamente ligada à história milenar da terra e do povo".

Rambaldi ainda esclarece que a figura é "adequada para representar o esporte mais bonito do mundo e as paixões que desperta".

Victor e Daniela Rambaldi, filhos do gênio dos efeitos especiais, colaboraram na realização do projeto e agradeceram a Figc.

"Agradeço ao presidente Gravina pela grande dedicação ao meu pai a este projeto, que representa mais um grande marco em sua carreira. Ele embeleza por ter vindo daquela tão querida Itália, mas que não tem gratificado muito o seu trabalho", disseram.

A seleção italiana começará sua trajetória na Eurocopa nesta sexta-feira (11) contra a Turquia, no Estádio Olímpico de Roma. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA