Maradona deu a juiz camisa que usou contra Inglaterra em 1986

Ex-craque anotou 2 gols históricos no jogo diante dos ingleses

Histórico jogo contra Inglaterra completou 35 anos
Histórico jogo contra Inglaterra completou 35 anos (foto: ANSA)
13:45, 23 JunROMA ZRS

(ANSA) - A camisa usada por Diego Maradona na inesquecível vitória da Argentina por 2 a 1 sobre a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986, no México, está com o ex-árbitro que validou o histórico gol de mão do ex-craque do Napoli, segundo informações do jornal "Clarín".

O tunisiano Ali Bennaceur foi o responsável da partida mais marcante da carreira do ex-jogador argentino, que foi disputada há 35 anos. Na ocasião, Maradona ajudou a Argentina a eliminar a Inglaterra nas quartas de final do Mundial ao marcar um gol de mão e outro depois de driblar meio time adversário.

Desde aquele erro, Bennaceur se tornou um grande amigo de Maradona, que faleceu em novembro de 2020. Em uma entrevista ao "Clarín", o tunisiano informou que o ex-craque trouxe há cerca de seis anos a camisa.

"Quando soube de sua morte, chorei muito, porque perdi uma pessoa muito querida, principalmente por suas qualidades humanas. Eu gostaria de ter ido ao velório, mas uma viagem tão longa, na minha idade, não sabia se teria suportado", disse Bennaceur, que possui 77 anos de idade.

O tunisiano, que era engenheiro de computação, desempenhava o papel de árbitro como um hobby, mas ganhou a oportunidade de apitar o Mundial de 1986.

"Quando eu era jovem, vi Argentina e Inglaterra em 1966 e pensei comigo mesmo que deveria ser difícil administrar uma partida como aquela. 20 anos depois, tive uma ainda mais complicada. Era a última das quartas de final e apenas seleções europeias tinham se classificado. Não só a Argentina venceu a Europa, mas Maradona ganhou do continente sozinho", lembrou o Bennaceur.

O ex-árbitro também contou os detalhes que o fizeram validar o inesquecível gol de mão de Maradona, apelidado de a "mão de Deus".

"A Fifa havia dado instruções muito claras. A prioridade tinha que ser dada para quem estava em melhor posição para ver o lance. Voltei para o meio do campo de olho no meu assistente, Bogdan Dochev. O búlgaro sinalizou o gol e eu validei, seguindo as instruções. Para mim foi bom", disse o tunisiano.

Bennaceur ainda comentou que o gol de mão de Maradona só aconteceu porque aplicou a regra da vantagem. "Em três ocasiões muito claras os ingleses tentaram impedir o Diego com uma falta, deixei passar e veio o melhor gol da história da Copa", finalizou.

Maradona faleceu no dia 25 de novembro aos 60 anos de idade, após sofrer um ataque cardíaco em sua casa. Com a camisa da seleção da Argentina, disputou 91 partidas e anotou 34 gols, tendo conquistado a Copa do Mundo de 1986. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA