Exposição sobre Maradona é aberta em imóvel confiscado da máfia na Itália

Evento acontece na cidade italiana de Trentola Ducenta

Mural de Maradona em Nápoles, na Itália
Mural de Maradona em Nápoles, na Itália (foto: ANSA)
07:32, 06 JulROMA ZRS

(ANSA) - Uma exposição fotográfica sobre o ex-craque argentino Diego Maradona foi inaugurada em um imóvel confiscado da máfia italiana.

De acordo com a ministra do Interior do país, Luciana Lamorgese, o espaço, que se localiza na cidade de Trentola Ducenta, voltou recentemente à legalidade.

"Estamos em uma área que foi confiscada da máfia e que voltou à legalidade, por isso as exposições que acontecem aqui, mesmo que gratuitamente, podem fazer com que os cidadãos percebam ainda mais o valor social de uma estrutura como essa", destacou a política.

O imóvel era de propriedade da empresa "Cis Meridionale", mas as suas ações foram parcialmente confiscadas e apreendidas em um caso envolvendo Michele Zagaria, chefe mafioso detido em dezembro de 2011 no interior de um bunker construído sob uma casa em Casapesenna, na província de Caserta.

A mostra "Diego Armando Maradona, a redenção social pelo esporte" é mais uma das diversas homenagens ao ídolo do Napoli, que faleceu em 25 de novembro de 2020, em Tigre, na Argentina. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA