Juventus aprova aumento de capital de até 400 milhões de euros

Objetivo é reforçar caixa contra efeitos da pandemia

Crise econômica causada pela pandemia também afetou a Juventus, clube mais rico da Itália
Crise econômica causada pela pandemia também afetou a Juventus, clube mais rico da Itália (foto: ANSA)
12:10, 25 AgoTURIM ZLR

(ANSA) - O conselho de administração da Juventus aprovou nesta quarta-feira (25) um aumento de capital de até 400 milhões de euros por meio da emissão de novas ações ordinárias.

O objetivo da medida é obter mais dinheiro com os acionistas para reforçar o caixa do clube contra os efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus.

Segundo comunicado da Juve, o aumento de capital "permitirá reforçar a estrutura patrimonial e reequilibrar as fontes de financiamento em apoio ao atingimento dos objetivos estratégicos do plano de desenvolvimento para o período 2019/24".

Essas metas são: consolidar o equilíbrio econômico e financeiro da Juventus, manter sua competitividade esportiva e incrementar a visibilidade da marca. A Exor, holding da família Agnelli e que detém 63,8% das ações clube, já se comprometeu a apoiar o aumento de capital, que é opcional para os acionistas.

No entanto, aqueles que não subscreverem terão suas participações acionárias diluídas. Uma assembleia de sócios foi convocada para 29 de outubro de 2021 para discutir a medida. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA