Cristiano Ronaldo não quer continuar na Juventus, diz Allegri

Astro português não será convocado para o jogo contra o Empoli

CR7 está muito próximo de voltar ao futebol inglês
CR7 está muito próximo de voltar ao futebol inglês (foto: ANSA)
09:41, 27 AgoTURIM ZRS

(ANSA) - A aventura do craque português Cristiano Ronaldo na Juventus está muito próxima de chegar ao fim. Em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (27), o técnico da Velha Senhora, Massimiliano Allegri, admitiu que o atacante não quer permanecer em Turim.

O comandante bianconero revelou que o astro não treinou hoje (27) e ficará de fora da partida contra o Empoli, válida pela segunda rodada da Série A, marcada para sábado (28). O jogo acontecerá no Allianz Stadium.

"Antes que vocês me perguntem: ontem o Cristiano Ronaldo me informou que não pretende ficar na Juventus. Hoje não treinou e não será convocado para o jogo de amanhã", confirmou Allegri.

O treinador ainda comentou que recebeu a notícia com "serenidade" e citou grandes ex-jogadores da Juve, como Gianluigi Buffon e Alessandro Del Piero, para ilustrar a situação em torno de CR7.

"Não estou absolutamente desiludido, temos que aceitar a decisão com serenidade. As coisas passam, jogadores como Sivori, Platini, Del Piero, Zidane e Buffon estiveram por aqui, foram grandes campeões, mas a Juventus continua, que é o mais importante. Eu desejo a ele toda a sorte, só tenho que agradecer pelo que fez, mas a vida continua", disse Allegri.

Na primeira rodada da Série A, a Juventus enfrentou fora de casa a Udinese e o astro português começou o embate no banco de reservas. CR7 entrou no segundo tempo, mas não conseguiu evitar o empate de 2 a 2.

O próximo destino do jogador de 36 anos deverá ser o Manchester City, que pretende contratar um artilheiro para substituir Sergio Agüero. Os Citizens queriam Harry Kane, mas o centroavante decidiu continuar no Tottenham.

O jornal espanhol "As" afirma que CR7 e City já fecharam um acordo. A partir de agora, o clube britânico precisa conversar com a Juventus para obter a liberação da estrela portuguesa, que já defendeu no passado o rival Manchester United.

Já de acordo com a imprensa italiana, a Juve pede por volta de 25 milhões de euros pelo atacante, mas não descarta liberar Ronaldo se o City envolver o brasileiro Gabriel Jesus nas negociações. Os ingleses, no entanto, acham mais vantajoso se incluir outros jogadores em uma troca, como Raheem Sterling.

Desde junho de 2018 na Juve, CR7 defendeu a Velha Senhora em pouco mais de 130 partidas e marcou 101 gols. O centroavante ajudou o time a conquistar duas edições do Campeonato Italiano e uma Copa da Itália. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA