Torcida da Lazio entoa cantos racistas contra jogadores do Milan

Clube rossonero deverá tomar medidas sobre o caso

Bakayoko durante a partida entre Milan e Lazio
Bakayoko durante a partida entre Milan e Lazio (foto: ANSA)
14:42, 13 SetMILÃO ZRS

(ANSA) - Em mais um episódio de racismo no futebol italiano, os jogadores Franck Kessié e Tiemoué Bakayoko, do Milan, foram alvos de coros discriminatórios durante a partida contra a Lazio, no San Siro, pela terceira rodada da Série A.

Os insultos teriam sido realizados pelos torcedores organizados da Lazio durante a entrada de Bakayoko no lugar de Kessié.

Em suas redes sociais, o jogador francês de origem marfinense, que está no Milan por empréstimo do Chelsea, declarou que ele e Kessié têm "orgulho da cor da pele".

"Tenho toda a confiança em nosso clube de que esses torcedores serão identificados", continuou Bakayoko na publicação.

Pouco tempo depois da postagem de Bakayoko, o Milan se pronunciou sobre o caso e não descartou que tomará medidas.

"Em relação aos gritos discriminatórios ao nosso jogador Bakayoko, que vieram do setor visitante e ouvidos por alguns jornalistas e torcedores, o Milan após as devidas verificações está considerando apresentar uma reclamação à Federação Italiana de Futebol (Figc)", escreveu o Milan.

A partida entre Milan e Lazio terminou 2 a 0 para o clube rossonero. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA