Fifa inicia consultas para mudar calendário do futebol

Entidade tenta realizar Copa do Mundo a cada dois anos

Presidente da Fifa, Gianni Infantino, em Dubai
Presidente da Fifa, Gianni Infantino, em Dubai (foto: ANSA)
11:51, 20 SetROMA ZRS

(ANSA) - A Fifa lançou uma nova fase de consulta com suas confederações associadas e outras partes interessadas sobre uma possível reforma dos calendário de partidas internacionais femininas e masculinas, que expiram no final de 2023 e 2024, respectivamente.

De acordo com a programação anunciada pela entidade, o referendo começou com jogadores e treinadores de todo o planeta. O grupo de "consultoria técnica" possui como líder os ex-treinadores Arsène Wenger e Jill Ellis.

"Há um amplo consenso no mundo do futebol quanto ao fato de que o calendário de jogos internacionais deve ser reformado e melhorado. Como os interesses globais do futebol devem estar em primeiro lugar, este processo começou com jogadores e treinadores de todo o mundo" frisou a Fifa em um comunicado.

No início do mês, dirigentes da Fifa se reuniram em Doha, no Catar, com diversos ex-jogadores e ex-treinadores para propor soluções ao calendário de times e seleções.

Na semana passada, a Fifa enviou para suas associações um convite para uma primeira cúpula online sobre o tema, que acontecerá em 30 de setembro. O encontro será um "debate construtivo e aberto, global e regionalmente".

Ainda neste mês, a Fifa planeja realizar uma reunião para consultar suas federações-membro sobre o projeto de organizar uma Copa do Mundo a cada dois anos. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA