Nome de Antonio Conte ganha força para assumir United, diz jornal

Goleada sofrida contra Liverpool aumentou pressão em Solskjaer

Antonio Conte está sem clube desde que deixou a Internazionale
Antonio Conte está sem clube desde que deixou a Internazionale (foto: EPA)
12:02, 25 OutSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - A goleada sofrida pelo Manchester United no clássico contra o Liverpool aumentou as especulações sobre o futuro do técnico Ole Gunnar Solskjaer. O nome de Antonio Conte, campeão italiano com a Inter de Milão, vem ganhando força nos Red Devils, segundo a imprensa britânica.

O jornal "The Times", por exemplo, informou que o treinador italiano só aceitará comandar o Manchester United se a diretoria conseguir dar a ele um elenco capaz de vencer a Champions League.

Enquanto isso, o "Manchester Evening News" não descartou que Conte, de 52 anos de idade, está disposto a substituir Solskjaer no comando técnico do tradicional e multicampeão time inglês. No entanto, o italiano quer ter em suas mãos o controle sobre as transferências.

Conte está desempregado desde que deixou a Internazionale no final da temporada passada. O treinador foi capaz de dar aos nerazzurri um Scudetto depois de mais de 10 anos.

O ex-meio-campista, que fez história na Juventus como jogador e técnico, teve muito sucesso durante sua passagem pelo Chelsea, que foi entre 2016 e 2018. No período, Conte faturou uma Premier League e uma Copa da Inglaterra.

Recentemente, o nome de Conte estava sendo ventilado no Newcastle, que foi adquirido pelo Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita, e no Tottenham.

O "The Guardian" apontou que Solskjaer deverá ser demitido ainda nesta semana e acrescentou que os jogadores do United também estão questionando se o norueguês terá pulso de levar o clube ainda mais longe na atual temporada.

A goleada que sofreu contra o Liverpool deixou o United oito pontos atrás do líder Chelsea. Nas últimas quatro rodadas da Premier League, o time de Manchester conquistou somente um pontinho.

Após uma janela de transferências de grandes investimentos, já que Jadon Sancho, Raphaël Varane e Cristiano Ronaldo chegaram ao clube, os torcedores do United imaginavam que o time estaria em condições melhores e brigando ativamente pela ponta da tabela da liga inglesa.

Solskjaer definiu a derrota diante dos Reds como o "fundo do poço" e seu "dia mais sombrio" como técnico do Manchester United. O próximo compromisso da equipe de Old Trafford será contra o Tottenham, em Londres, no próximo sábado (30). (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA