Juventus aprova aumento de capital de 400 milhões de euros

Clube fechou último balanço com prejuízo de 209 milhões de euros

Assembleia de acionistas da Juventus aconteceu no Allianz Stadium, em Turim
Assembleia de acionistas da Juventus aconteceu no Allianz Stadium, em Turim (foto: Divulgação/Juve)
10:46, 29 OutTURIM ZRS

(ANSA) - Os acionistas da Juventus aprovaram nesta sexta-feira (29) um aumento de capital de 400 milhões de euros, que deve ser concretizado até o final de junho de 2022.

O objetivo da ação é obter mais dinheiro com os acionistas para reforçar o caixa do clube contra os efeitos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus.

Em dois anos, esse foi o segundo aumento de capital efetuado pela Velha Senhora. O primeiro deles aconteceu em outubro de 2019 e a quantia foi de 300 milhões de euros.

O clube italiano também aprovou na assembleia de acionistas, no Allianz Stadium, as demonstrações financeiras da temporada 2020/21, que fecharam com um prejuízo de 209,9 milhões de euros, valor mais alto que os 89,7 milhões de euros registrados no ano anterior.

Andrea Agnelli, presidente do time piemontês, afirmou que a emergência sanitária custou ao clube, entre efeitos diretos e indiretos, cerca de 320 milhões de euros. O dirigente revelou que 40% desta quantia pesará no balanço da temporada 2021/22. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA