Convocado para seleção, Ibrahimovic descarta aposentadoria

Jogador do Milan pretende seguir jogando o 'máximo possível'

Atacante defenderá a Suécia nos últimos dois jogos das Eliminatórias para a Copa de 2022
Atacante defenderá a Suécia nos últimos dois jogos das Eliminatórias para a Copa de 2022 (foto: EPA)
11:04, 09 NovSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - O veterano atacante Zlatan Ibrahimovic, do Milan, afirmou na segunda-feira (8) que ainda não pensa em se aposentar do futebol, além de esclarecer que pretende seguir jogando o "máximo possível".

Aos 40 anos de idade, o centroavante é uma das principais peças dos rossoneri e foi convocado para defender a seleção da Suécia nos próximos jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Na atual temporada, o jogador anotou três gols em oito jogos disputados.

"Ainda não decidi um dia em que quero parar de jogar, em vez disso, pretendo continuar o máximo possível e nem quero pensar em me aposentar. Não quero me tornar um daqueles que se entristecem pensando que poderia continuar atuando, eu vou em frente, enquanto for chamado, vou jogar", declarou Ibra em uma entrevista coletiva.

O jogador sueco ainda revelou que possui um fisioterapeuta em Milão que o "acompanha 24 horas por dia" para ajudá-lo a manter uma elevada condição física.

Com 15 pontos conquistados e na liderança do grupo B das eliminatórias, a Suécia enfrentará Geórgia e Espanha para tentar garantir sua classificação direta para a próxima edição da Copa do Mundo. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA