MP de Turim ouve mais jogadores em investigação contra Juve

Bernardeschi e Alex Sandro prestaram depoimentos sobre o caso

Bernardeschi durante um jogo contra o Cagliari
Bernardeschi durante um jogo contra o Cagliari (foto: ANSA)
15:16, 25 MarTURIM ZRS

(ANSA) - O Ministério Público de Turim, na Itália, ouviu nesta sexta-feira (25) mais jogadores da Juventus como parte das investigações contra a Velha Senhora por supostos crimes financeiros.

Após o atacante Paulo Dybala ter prestado depoimento na última quinta-feira (24), as autoridades piemontesas ouviram hoje (25) os jogadores Federico Bernardeschi e Alex Sandro.

A audiência do ex-atleta da Fiorentina durou por volta de duas horas e, na sequência, foi a vez do brasileiro dar sua declaração sobre o tema.

Os dois jogadores juventinos foram ouvidos pelos responsáveis da investigação "Prisma", que tentam esclarecer quatro pagamentos mensais que os atletas do clube bianconero decidiram congelar durante o período da pandemia de Covid-19.

Nesta semana, uma operação aconteceu em escritórios de advocacia em Turim, Roma e Milão. Os principais alvos eram o presidente do time, Andrea Agnelli, o vice-presidente Pavel Nedved, o ex-diretor esportivo Fabio Paratici e outros três cartolas.
    (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA