Bolt e Biles ganham 'Laureus' de melhores atletas

Italiana foi a premiada na categoria para atletas paralimpícos

Simone Biles com seu prêmio Laureus de melhor atleta do ano (foto: EPA)
08:53, 15 FevROMA ZGT

(ANSA) - A ginasta norte-americana Simone Biles e o velocista jamaicano Usain Bolt foram os vencedores do prêmio Laureus, a mais alta honraria do mundo esportivo, nesta terça-feira (14).

Os atletas do ano tiveram como grande "impulso" para a vitória as grandes conquistas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Enquanto a norte-americana ganhou quatro ouros e um bronze, o jamaicano se aposentou das Olimpíadas com o tricampeonato olímpico nos 100m rasos, nos 200m e no revezamento 4x100m.

Entre os premiados da noite, está a italiana Beatrice 'Bebe' Vio, que levou o prêmio de Melhor Atleta com Deficiência. A esgrimista foi ouro nas Olimpíadas do Rio na categoria florete individual e é uma das italianas mais conhecidas e premiadas no mundo paralímpico.

A cerimônia realizada em Monte Carlo também premiou Michael Phelps, o maior medalhista olímpico da histórica, com o "Comeback of the Year Award" por ter retornado às piscinas em 2016.

Já o prêmio de Inspiração Esportiva foi para a equipe olímpica de refugiados, capitaneada por Tegla Loroupe e o de Espírito Esportivo foi para a equipe inglesa Leicester, campeã inédita da Premier League, que tem como treinador o italiano Claudio Ranieri.

O campeão mundial de Fórmula 1 em 2016, Nico Rosberg, recebeu o prêmio de Revelação do Ano enquanto a britânica Rachel Atherton, uma das maiores bikers do mundo, recebeu o prêmio de atleta de esportes radicais - derrotando o brasileiro Pedro Barros.

A equipe de beisebol do Chicago Cubs, que ganhou a Major League após 108 anos, foi o time do ano e derrotou a seleção brasileira olímpica de futebol. O prêmio de boas ações no esporte foi para o Waves for Change, um projeto que ajudar jovens surfistas das comunidades mais violentas da África do Sul.

E o time sub-12 do Barcelona ganhou o prêmio de votação popular, o inédito "Melhor Momento Esportivo do Ano" por ter consolado a equipe adversária chinesa após derrotá-los em um campeonato. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA