Organização do Giro d'Italia adia início da competição

Torneio seria disputado entre os dias 9 e 31 de maio

O ciclista Bauke Mollema durante o Giro d'Italia de 2019
O ciclista Bauke Mollema durante o Giro d'Italia de 2019 (foto: ANSA)
11:26, 13 MarROMA ZRS

(ANSA) - A organização do Giro d'Italia, uma das provas mais tradicionais do ciclismo mundial, anunciou nesta sexta-feira (13) o adiamento do início da competição. A decisão acontece em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Antes do anúncio oficial, a Hungria já tinha cancelado as três provas do torneio que o país iria receber. O Giro passaria entre os dias 9 e 11 de maio na Hungria. As cidades que iriam sediar as etapas seriam Budapeste, Gyor, Székesfehérvár e Nagykanizsa.

"Devido à grave epidemia na Europa, os três primeiros estágios do Giro d'Italia não ocorrerão na Hungria", afirmou em um comunicado o comitê organizador húngaro da competição.

A Hungria, onde até agora foram confirmados 19 casos de infecção, adotou medidas de emergência nesta quarta-feira (11) que proíbem eventos ao ar livre com a participação de mais de 500 pessoas, "tornando impossível a organização de competições internacionais".

O Giro de 2020 estava previsto para começar em 9 de maio, em Budapeste, e terminar no dia 31 do mesmo mês. A 103º edição da competição teria 3.579,5 quilômetros de extensão e contaria com 21 etapas.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA