Giro d'Italia 2020 começará na Sicília e terminará em Milão

Sem a presença da Hungria, a competição ganhou uma nova rota

A competição começará na cidade de Monreale, no dia 3 de outubro
A competição começará na cidade de Monreale, no dia 3 de outubro (foto: ANSA)
11:09, 30 JulMILÃO ZRS

(ANSA) - A organização do Giro d'Italia, uma das provas mais tradicionais do ciclismo mundial, divulgou nesta quinta-feira (30) o novo percurso da edição de 2020 da competição, que foi adiada para outubro em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

O novo trajeto da 103ª edição do torneio terá início na cidade de Monreale, na região da Sicília, em 3 de outubro, e terminará em Milão, na Lombardia, no dia 25 do mesmo mês.

Pouca coisa mudou em comparação com a rota original. A Hungria, que iria abrir o Giro d'Italia e receber quatro etapas da prova, desistiu de sediar a competição e foi substituída por outras cidades italianas, como Matera e Roccaraso.

A cidade de Milão voltará a receber o torneio após três anos. Essa será a 78ª vez que a capital da Lombardia sediará a etapa final da competição.

A edição de 2019 do Giro d'Italia começou em Bolonha e terminou em Verona. O dono da camisa rosa foi o equatoriano Richard Carapaz. Já em 2018, a polêmica edição do torneio teve início em Jerusalém, em Israel, e acabou em Roma. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA