TAS rejeita novo recurso de Schwazer contra suspensão por doping

Marchador atlético italiano foi suspenso por 8 anos em 2016

Alex Schwazer participou da edição passada do Festival de Sanremo
Alex Schwazer participou da edição passada do Festival de Sanremo (foto: ANSA)
13:34, 07 MaiROMA ZRS

(ANSA) - O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) rejeitou nesta sexta-feira (7) um novo recurso apresentado pelo marchador atlético Alex Schwazer contra uma suspensão de oito anos por doping.

No recurso, Schwazer fez um pedido de "medidas provisórias" ao TAS, depois que o Tribunal de Bolzano, na Itália, arquivou o inquérito que investigava um caso de doping contra o campeão olímpico e afirmar que as amostras de urina foram manipuladas para prejudicá-lo.

O marchador atlético apelou para o Tribunal Federal Suíço, que é o único órgão de justiça perante o qual uma decisão do TAS é passível de recurso. Enquanto aguarda a decisão, o italiano também pediu ao Tribunal de Lausanne a suspensão provisória da punição, mas a requisição foi negada.

Com a resposta negativo do TAS, o advogado de Schwazer, Gerhard Brandstaetter, afirmou que vai aguardar a partir de agora a decisão final do Tribunal Federal Suíço.

"Aguardaremos a hora que chegar a decisão final do Tribunal Federal Suíço. Também recebemos uma carta da Wada, reiterando que não vai admitir Schwazer nas corridas, mas o único que pode realmente desbloquear a situação é o Tribunal Federal Suíço", comentou o advogado.

Schwazer testou positivo para anabolizantes em um exame realizado em 2016, quando ainda se preparava para voltar de um gancho de três anos e nove meses por doping. Na oportunidade, ele foi punido do esporte por oito anos. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA