Mais de 10% dos atletas olímpicos da Itália nasceram no exterior

Delegação possui 384 atletas, incluindo 46 'oriundi'

Equipe feminina de softbol da Itália estreou com derrota contra EUA
Equipe feminina de softbol da Itália estreou com derrota contra EUA (foto: Divulgação/Coni)
12:56, 21 JulSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - A delegação enviada pela Itália para os Jogos Olímpicos de Tóquio é formada por 384 atletas, sendo que 46 deles, 12% do total, nasceram no exterior.

A lista de "oriundi", termo utilizado para designar pessoas nascidas no exterior de ascendência italiana, que vão disputar as Olimpíadas sob a bandeira tricolor é liderada pelos Estados Unidos. No total, 10 esportistas nascidos em solo norte-americano vão defender a nação europeia em Tóquio, com destaque para o softbol feminino, que possui seis jogadoras.

Na modalidade, que começou nesta quarta-feira (21), a Itália perdeu para os Estados Unidos por 2 a 0. Na segunda rodada da fase de grupos, a Azzurra irá encarar a Austrália.

A Itália também tem nas Olimpíadas quatro competidores nascidos em Cuba, com dois representantes no wrestling, um no vôlei e outra no atletismo. O top 3 é fechado pelos três dominicanos que defenderão a Azzurra em Tóquio, todos no atletismo.

A delegação italiana ainda conta com atletas nascidos na Alemanha (dois), Hungria (dois), Tunísia (dois), Marrocos (dois) e Brasil (um). O único ítalo-brasileiro é Pietro Figlioli, capitão da equipe de polo aquático, e que irá disputar sua quinta Olimpíada, mas a terceira pela Azzurra.

No geral, a delegação italiana será composta por "oriundi" de 28 países diferentes e de todos os continentes, sendo 18 das Américas do Norte e Central, 13 da Europa, 10 da África, três da América do Sul, um da Ásia e um da Oceania.

Já entre as modalidades, a equipe italiana de atletismo está na ponta da tabela, com 20 "oriundi" representando a nação europeia. Na sequência, aparecem o softbol, que possui seis competidores, e o vôlei, que tem quatro. Os três esportes são seguidos por wrestling (dois), polo aquático (dois), vôlei de praia (dois), saltos ornamentais (dois) e ginástica olímpica (dois).

A Itália terá atletas nascidos em outras nações em 13 modalidades ao longo das Olimpíadas de Tóquio. A cerimônia de abertura do megaevento será na próxima sexta-feira (23), a partir das 8h (Brasília). (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA