Guiné desiste das Olimpíadas por conta da pandemia

País africano iria enviar uma delegação de cinco atletas

Abertura das Olimpíadas será nesta sexta-feira (23)
Abertura das Olimpíadas será nesta sexta-feira (23) (foto: EPA)
12:27, 22 JulROMA ZRS

(ANSA) - O ministro dos Esportes de Guiné, Sanoussy Bantama Sow, anunciou nesta quarta-feira (21) que o país africano não participará dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, em função da pandemia do novo coronavírus.

A nação enviaria uma delegação de apenas cinco atletas para as Olimpíadas, que iriam competir em quatro modalidades esportivas: luta livre, judô, natação e atletismo.

"Preocupado em proteger a saúde dos atletas guineenses, o governo decidiu com pesar cancelar a participação de Guiné nas Olimpíadas de Tóquio", escreveu Sow em uma carta enviada ao Comitê Olímpico do país (CNOSG).

A imprensa local, por sua vez, aponta que Guiné não enviou sua pequena delegação para Tóquio por causa de problemas econômicos.

A Guiné já disputou 11 vezes os Jogos Olímpicos, mas nunca conseguiu conquistar uma medalha. Antes da nação africana, a Coreia do Norte e a Samoa já tinham anunciado que não iriam participar das Olimpíadas por conta da Covid-19. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA