Rebeca Andrade diz estar orgulhosa por decisão de Simone Biles

Ginasta brasileira afirmou que os atletas 'não são robôs'

Simone Biles acompanhou a final do individual geral (foto: EPA)
13:03, 29 JulSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - A ginasta Rebeca Andrade, que conquistou nesta quinta-feira (29) uma histórica medalha de prata em Tóquio, comentou sobre a ausência da norte-americana Simone Biles, que desistiu da final do individual geral nas Olimpíadas para cuidar de sua saúde mental.

Após ter abandonado a final por equipes no decorrer da disputa, a atleta de 24 anos de idade não participou da decisão do individual geral, prova na qual era favorita absoluta.

Biles compareceu ao Centro de Ginástica Ariake, no Japão, e foi vista celebrando o sucesso da brasileira depois de uma ótima apresentação. Na oportunidade, a multicampeã aplaudiu bastante Rebeca.

Com a medalha de prata no peito, Rebeca afirmou em uma entrevista à "Rede Globo" que os atletas "não são robôs" e apoiou a necessidade dos competidores receberem apoio psicológico.

"O fato dela ter saído não foi nada negativo, as pessoas precisam entender que o atleta não é um robô, mas um humano. Então, a decisão que ela tomou foi a coisa mais sábia que ela poderia fazer por ela, não se brinca com a cabeça. Eu sempre admirei o psicológico da Biles, porque todo mundo sabe que ela é a melhor do mundo. A pressão em cima dela era constante e muito difícil, então ela acabava se cobrando muito. Eu fiquei orgulhosa por ela ter tido essa atitude e pensado nela antes de qualquer outra coisa", comentou Rebeca.

A brasileira de 22 anos de idade se tornou a primeira ginasta da história do país a conquistar uma medalha olímpica.

Depois da vitória no individual geral, Rebeca ainda disputará as finais individuais de salto no domingo (1º) e no solo na segunda-feira (2). (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA