Brasil fatura medalhas na natação e no atletismo em Tóquio

Entre as seis medalhas conquistadas, três foram de ouro

Petrúcio Ferreira foi ouro nos 100 metros na classe T47
Petrúcio Ferreira foi ouro nos 100 metros na classe T47 (foto: EPA)
09:00, 27 AgoSÃO PAULO ZRS

(ANSA) - O terceiro dia dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, no Japão, vem sendo muito especial para o Brasil. Até o momento, o país já faturou seis medalhas nesta sexta-feira (27), com três na natação e outras três no atletismo.

No Centro Aquático de Tóquio, Wendell Belarmino, de 23 anos de idade, conquistou o segundo ouro do Brasil na natação. Com um tempo de 26s03, ele venceu a prova dos 50 metros livre da classe S11, à frente do chinês Dongdong Hua (26s18) e do lituano Edgaras Matakas (26s38).

Gabriel Bandeira, por sua vez, voltou ao pódio na capital japonesa. O nadador paulista, de 21 anos, ficou em segundo lugar nos 200 metros livre S14 e conseguiu a prata, atrás somente do britânico Reece Dunn. O bronze foi para o russo Viacheslav Emeliantsev.

A nona medalha da natação brasileira nas Paralimpíadas veio com Maria Carolina Santiago, que ficou com o bronze na prova dos 100 metros costas S12. A pernambucana garantiu a medalha ao fechar a disputa com o tempo de 1m09s18, atrás da britânica Hannah Russell (1m08s44) e da russa Daria Pikalova (1m08s76).

Além da natação, o Brasil conquistou medalhas também no atletismo. Yeltsin Jacques subiu no lugar mais alto do pódio na prova masculina dos 5.000 metros, para cegos, conseguindo o primeiro ouro do país na modalidade em Tóquio.

Em uma corrida emocionante, o brasileiro estava na liderança e chegou a ser ultrapassado pelo japonês Kenya Karasawa, mas conseguiu retomar a ponta nos metros finais e concluiu a prova em 15m13s62, ao lado do atleta-guia Carlos Antônio dos Santos.

Na sequência, Petrúcio Ferreira confirmou seu favoritismo e foi ouro nos 100 metros na classe T47, com um tempo de 10s53, estabelecendo um novo recorde paralímpico. Vale ressaltar que ele é o recordista mundial da prova, com 10s42.

O atual bicampeão paralímpico Ferreira foi acompanhado no pódio pelo compatriota Washington Junior, que concluiu a corrida em terceiro lugar, com 10s68. A prata ficou com o polonês Michal Derus.

O Brasil contabiliza 15 medalhas na atual edição das Paralimpíadas, sendo cinco ouros, quatro pratas e seis bronzes. A nação está em sexto na classificação geral do megaevento esportivo. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA