Atleta afegão que deixou país estreia nas Paralimpíadas

Hossain Rasouli competiu na prova do salto em distância

Hossain Rasouli durante sua participação nas Paralimpíadas de Tóquio
Hossain Rasouli durante sua participação nas Paralimpíadas de Tóquio (foto: EPA)
10:53, 31 AgoTÓQUIO ZRS

(ANSA) - Hossain Rasouli, um dos dois paratletas afegãos que fugiram de Cabul a bordo de um avião australiano, estreou nesta terça-feira (31) nos Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Apesar não ter conseguido chegar a tempo de participar da sua disciplina, que era os 100 metros, Rasouli competiu no salto em distância (categoria T47) e terminou na 13ª colocação.

Ao entrar no Estádio Nacional, o afegão de 26 anos de idade cumprimentou os integrantes das outras delegações espalhados pelas arquibancadas. Rasouli perdeu sua mão esquerda em função de uma explosão de uma mina.

Outra afegã que competirá em Tóquio será Zakia Khoudadadi. A sua estreia no taekwondo das Paralimpíadas está programada para quinta-feira (2).

Em virtude do caótico momento do Afeganistão, nenhum deles conseguiu participar do megaevento esportivo desde os primeiros dias, já que os voos civis foram suspensos depois que o grupo fundamentalista islâmico Talibã assumiu o controle do país. Os dois paratletas ficaram de fora da cerimônia de abertura dos Jogos.

Khudadadi, de 23 anos de idade, chegou até a realizar um apelo pedindo auxílio para deixar a nação para competir nas Olimpíadas de Tóquio.

Uma grande operação secreta conseguiu retirar a dupla afegã com segurança de Cabul. Os dois paratletas chegaram na noite de sábado (28) em Tóquio. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA