Macri recebe Renzi hoje em Buenos Aires

Renzi é o 1º premier italiano a visitar a Argentina em 18 anos

Macri recebe Renzi hoje em Buenos Aires (foto: ANSA)
15:23, 16 FevBUENOS AIRES ZSG

(ANSA) -O premier italiano, Matteo Renzi, disse hoje, dia 15, em visita oficial a Buenos Aires, na Argentina, que os dois países "são irmãos".
   
Segundo ele, Argentina e Itália "compartilham um grande valor. São duas nações próximas, eu diria até mais ... Podemos ser primos dos franceses, mas com a Argentina diria que somos irmãos".
   
"Mas antes de falar de negócios, de cooperação cultural, de esporte, de futebol, quero dizer que aqui me sinto em casa", concluiu Renzi.
   
Argentina e Itália têm uma forte ligação, principalmente por conta da grande comunidade de italianos no país.
   
O premier italiano  será recebido ainda hoje pelo presidente Mauricio Macri. Durante a visita à Argentina ele ainda se encontrará com empresários e membros da comunidade italiana local.
   
"Passarei 24 horas muito intensas [na Argentina], junto a Mauricio Macri. Sua liderança poderá dar um grande impulso a este maravilhoso país, estou convencido disso", destacou o italiano.
   
Renzi, o primeiro chefe de Governo italiano a visitar Buenos Aires em cerca de 18 anos, se desculpou pela demora da viagem.
   
A relação bilateral sofreu com o episódio conhecido como "Tango Bonds", de credores, em sua maioria aposentados, italianos que não receberam após comprar títulos da dívida argentina no começo dos anos 2000.
   
Após anunciar que deve pagar os credores nos próximos meses, o governo de Macri quer se reaproximar da Itália, assim como de outros países europeus, a fim de captar investimentos estrangeiros. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA