Bombeiros tentam resgatar vítimas em escombros de hotel histórico em Amatrice

Entre 30 e 70 pessoas podem estar nos escombros do Hotel Roma

Dezenas ficam soterradas em desabamento de hotel na Itália
Dezenas ficam soterradas em desabamento de hotel na Itália (foto: ANSA)
14:04, 25 AgoROMA ZBF

(ANSA) Após muita polêmica sobre quantas pessoas poderiam estar soterradas nos escombros do histórico Hotel Roma, na cidade de Amatrice, na Itália, o Corpo de Bombeiros confirmou que apenas seis pessoas estão sendo procuradas. Anteriormente, falou-se em 70.

Amatrice é uma das mais afetadas pelo terremoto de 6,2 graus na escala Richter que atingiu o país na madrugada de ontem (24). O Hotel Roma é um dos mais famosos da cidade, tanto por sua hospedagem quanto por seu restaurante, que serve pratos típicos da culinária local, como a "pasta à amatriciana".

Nos escombros, é possível ver quatro cadáveres que ainda não foram retirados do local, além de documentos de dois jovens que eram hóspedes do hotel e que, provavelmente, também estão ainda sob os escombros.

O edifício veio abaixo ontem, horas após o abalo sísmico. A família Bucci, proprietária do hotel, disse que muitas pessoas conseguiram fugir antes do prédio desabar. Caso contrário, o número de vítimas seria maior.

Ainda hoje, por volta das 14h30 locais, uma réplica de 4,3 graus provocou novos desmoronamentos em Amatrice. Fundado na Idade Média, o município abriga mais de 100 igrejas históricas e faz parte do Parque Nacional Del Gran Sasso e Monti della Laga, o terceiro maior da Itália. Por conta disso, é um destino turístico conhecido da região do Lazio. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA