Polícia proíbe marcha neofascista em Roma

Objetivo era reviver manifestação pró-Mussolini de 1922

Protesto havia sido convocado pelo Força Nova
Protesto havia sido convocado pelo Força Nova (foto: ANSA)
15:27, 14 OutROMA ZLR

(ANSA) - A Polícia de Estado da Itália confirmou nesta sexta-feira (13) o veto à realização da "Marcha dos Patriotas", evento convocado pelo movimento ultranacionalista Força Nova (FN) para reviver a "Marcha sobre Roma", quando uma multidão forçou o rei Vittorio Emanuele III a entregar o governo a Benito Mussolini.

A manifestação ocorreria no dia 28 de outubro, aniversário de 95 anos da passeata que marcou a ascensão do Partido Nacional Fascista. O objetivo do FN era protestar contra a entrada em massa de imigrantes na Itália.

"Por uma questão de princípio, faremos a manifestação mesmo assim", garantiu o líder do movimento neofascista, Roberto Fiore. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA